sábado, 8 de setembro de 2012

O Mistério da Cidade Subterrânea de Derinkuiyu


Derinkuiyu, na Turquia. Galerias, túneis aposentos, infraestrutura capaz de abrigar até 100 mil pessoas.

LINKS RELACIONADOS

http://www.sofadasala.com/mundosperdidos/civilizdesaparecidas00.htm

http://www.sofadasala.com/mundosperdidos/ernestoribeiro/cimerios.htm


TURQUIA. Em 1963, um habitante de Derinkuiyu - cidade da província homônima de Nevşehir, Turquia - Região da Capadócia, estava derrubando uma parede de sua casa quando descobriu que atrás da construção havia uma sala misteriosa cuja existência, ele jamais havia suspeitado.

Esse aposento levou a outro e muitos outros mais. Ele tinha descoberto a cidade subterrânea de Derinkuiyu, cujo primeiro nível, os arqueólogos supõem que foi escavado pelos hititas em em uma época estimada em torno de 1,400 a.C.

Os cientistas começaram a explorar a fascinante descoberta. Chegaram a 40 metros de profundidade e sabiam existem nivéis aindamais profundos, até 85 metros, ao menos. Hoje (2012), 20 níveis já foram identificados no subsolo. Os oito níveis superiores podem ser visitados, os outros, aindaestão parcialmente bloqueados ou restritos ao acesso exclusivo dosarqueólogos e antropólogos.

A cidade foi usada como refúgio para milhares de pessoas que viveram nas entranhas da Terra em busca de proteção para as freqüentes invasões de guerreiros estrangeiros hostis na região. Também foi utilizada pelos primeiros cristãos. 


Todavia, há teorias de esta cidade é ainda mais antiga remontando à uma época em que a vida da superfície do planeta tornou-se insustentável devido a uma combinação de convulsões cósmicas e geológicas que contaminaram a atmosfera superior envolvendo-a em cinzas vulcânicas, calor e radição solares insuportáveis. 

Então, na metrópole foi construída para abrigar uma nação para a qual o Sol tornou-se um inimgo mortal. Essa nação teria sido o mítico povo Cimério, originalmente nômades, citado por Herótodo na Odisséia como tendo ocupado as regiões ao norte do Cáucaso e do Mar Negro entre os séculos VII e XIX a.C.. (Essa teoria encontra-se, por exemplo, na Antropogênese, volume III da obra A Doutrina Secreta de H.P. Blavatsky).


Posteriormente, quando os homens puderam, novamente, viver na superfície, esta cidade ou, na verdade, cidades/comunidades subterreâneas, dada a magnitude da construção, foram reutilizadas, ampliadas e melhoradas, segundo as necessidades de diferentes povos em diferentes períodos históricos.

O interior metrópole subterrânea constitui-se de numerosas galerias subterrâneas capazes de de abrigar até de 100 mil pessoas. Três das entradas principais já conhecidas poderiam ser bloqueadas com pesadíssimas portas circulares de pedra, com dimensões entre 1 a 1,5 metros de altura, 50 cm de diâmetro e que chegavam a pedar meia tonelada (500 kg).

Além disso, nesta Derinkuyu oculta existe um túnel de 8 km de extensão que conduz a outra cidade subterrânea da Capadócia, Kaimaklí.

Nos níveis já explorados foram encontradas numerosas instalações utilitárias como estábulos, indicando que ao um dos povos ocupantes eracaracterizado pela presença de cavaleiros, o quê reforça a hipótese de que a iniciativa uma nação nômade na origem da cidade, como foram - de fato, os hititas, que alcançaram um apogeu no século II a.C. e veneravam seus cavalos, considerando-os animais nobres.



Diagrama mostrando os níveis já conhecidos da cidade subterrânea de Derinkuiyu.

E - ainda - na cidade sob o solo existem refeitórios, uma igreja ou templo com planta cruciforme - 20 metros de largura, 9 de comprimento e altura de 3 metros até o teto, cozinhas, prensas para a fabricação de vinho e azeite, adegas, uma instalação que parece ser uma escola, numerosas habitações e até uma taverna.

A cidade foi beneficiada pela existência de um rio subterrâneo, poços de água - 52 escavdos pelos homens e uma rede natural de circulação do ar melhorada por intervenções arquitetônicas que espantam os engenheiros atuais.

LINKS RELACIONADOS

http://www.sofadasala.com/mundosperdidos/civilizdesaparecidas00.htm

http://www.sofadasala.com/mundosperdidos/ernestoribeiro/cimerios.htm

FONTE: Conocé la ciudad bajo tierra olvidada de Turquía.
SITIO ANDINO, publicado em 07/09/2012.
[http://www.sitioandino.com/nota/50525-conoce-la-ciudad-bajo-tierra-olvidada-de-turquia/]

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...